Eventos


Maringá Roadshow: Escrituração Contábil Fiscal (ECF 2018) e os desafios futuros do profissional de impostos no Brasil

A ECF é uma obrigação acessória que tem por objetivo, além de interligar os dados contábeis às informações fiscais, também apresentar a abertura de todas as informações relacionadas às apurações do IRPJ e da CSLL, o que agiliza o processo de acesso de informações do Fisco e tornando mais eficiente o processo de fiscalização por meio do cruzamento das diversas informações com as diversas outras obrigações acessórias que são apresentadas digitalmente pelos contribuintes.

Para o ano de 2018, assim como em anos anteriores, a obrigatoriedade é imposta a todas as pessoas jurídicas atuantes no Brasil, sujeitas aos regimes do Lucro Real, Presumido ou que tiveram seu lucro Arbitrado, no tocante ao ano-calendário de 2017, inclusive para as pessoas jurídicas imunes e isentas. Acerca disso, é muito importante destacar que essa obrigação guarda relação direta com diversas outras obrigações acessórias que são apresentadas ao longo do ano pelos contribuintes, inclusive já vem sendo objeto de fiscalização e análise por parte da Receita Federal.

Nesse contexto, o seminário da ANEFAC, com conteúdo técnico da KPMG, tem por finalidade apresentar para as empresas os principais pontos que devem ser observados para o seu correto preenchimento, evitando maiores problemas e potenciais multas pela apresentação de informações incorretas ou pela omissão de informações. Além disso, esse seminário também apresentará os principais aspectos e tendências que afetarão o mercado de trabalho dos profissionais de impostos no Brasil, frente a grande revolução eletrônica pela qual estamos passando.

Principais tópicos que serão abordados:
• Informações Gerais sobre a ECF: Prazos, processo de retificação e Penalidades
• Bloco "0" - Cadastro
• Bloco C - Informações recuperadas da ECD
• Bloco E - Informações Recuperadas da ECF Anterior e Cálculo Fiscal dos Dados Recuperados da ECD
• Bloco J - Mapeamento das Contas Contábeis do Contribuinte
• Bloco K - Saldos das Contas Contábeis por Período de Apuração (Referencial)
• Bloco L - Lucro Real
• Bloco M - Livro Eletrônico de Apuração do Lucro Real (e-Lalur) e Livro Eletrônico de Apuração da Base de Cálculo da CSLL (e-Lacs)
• Bloco N - Cálculo do IRPJ e da CSLL
• Bloco W - Declaração País-a-País (Country-by-Country Report)
• Bloco X - Informações Econômicas
• Bloco Y - Informações Gerais
• Aspectos, tendências e desafios futuros dos profissionais de impostos no Brasil


Palestrante/Debatedor

20185210123708.jpg Felipe Maceno - Gerente sênior de impostos da KPMG, no escritório de Londrina e Curitiba, atendendo aos clientes da KPMG na região Sul. Atua em consultoria tributária desde 2004, possui experiência nas áreas de impostos diretos, indiretos, trabalhista, escrituração fiscal/contábil digital. Sua experiência profissional inclui ainda a prestação de serviços de consultoria tributária a instituições financeiras, agroindústrias, prestadores de serviço, fundos, construtoras, varejo e a indústrias em geral, possui uma sólida experiência em trabalhos na área de fusões e aquisições “Due Dilligence” , planejamento tributário, reestruturação fiscal, auditoria contábil/fiscal, reprocessamento fiscal e recuperação de impostos. Formação e qualificações técnicas: Graduação Administração de Empresas pela Fundação de Estudos Sociais do Paraná – FESP-PR, Participação contínua em inúmeros treinamentos na área de impostos/contabilidade KPMG, Participação como palestrante na área de impostos




LOCAL E DATA

Data: 21/06/2018 (quinta-feira)
Horário: 8h30min às 13h00min
Local: ACIM Associação Comercial e Empresarial de Maringá: R. Ver. Basílio Sautchuk, 388 - Zona 01, Maringá

PONTUAÇÃO

Este evento está em avaliação para pontuação no Conselho Regional de Contabilidade de São Paulo (CRCSP)


REALIZAÇÃO

PATROCÍNIO

SÓCIO MANTENEDOR

APOIO

Sede Tel. (11) 2808 3200
Rua 7 de Abril, n° 125 - Cj 405
4º Andar - República
São Paulo, 01043-000