Artigos


Falar bonito ou o necessário

Independente da categoria em que você se encontre, um especialista em comunicação pode te ajudar a adequar

Carlos Cunha

Olá, pessoa!

Dia destes, durante uma conversa informal, ouvi a seguinte pergunta: -
No seu curso tem algum módulo sobre ‘falar bonito’?

Achei engraçado e respondi que sim; só que antes, emendei, tinha um módulo chamado “fale o necessário”.

O café continuou nesta forma descontraída e o assunto ficou na minha cabeça merecendo umas linhas, que coloco neste artigo.


Por que será que as pessoas querem falar bonito quando, muitas vezes, não conseguem falar nem o necessário?

Não estou querendo dizer aqui que, para se fazer entender, devemos ter um vocabulário grosseiro, estúpido, sem formatação e adequação ao público que queremos alcançar, mas que é necessário usar de simplicidade quando estamos explicando algo a outra pessoa.

Para ilustrar, o ato de querer falar bonito está presente em boa parte das entrevistas que vemos na televisão: talvez empolgado com as câmeras e microfones, o entrevistado usa todo seu vocabulário em explicações que ninguém entende. É o típico ‘falou, falou e não disse nada’.

Por outro lado, vemos pessoas que se expressam de maneira simples, independente do grau de instrução e que conseguem passar a mensagem de maneira clara, objetiva
e gerando interesse em quem as ouve.


Para os dois casos é interessante ressaltar: a comunicação é dinâmica e pode ser que em algumas ocasiões, se utilizar da simplicidade pode demonstrar falta de conhecimento em determinado assunto, principalmente quando se trata de um ambiente técnico; por outro lado, falar difícil e bonito pode passar a impressão que, em
vez de explicar, você quer confundir.

Independente da categoria em que você se encontre, um especialista em comunicação pode te ajudar a adequar sua mensagem e adaptá-la a qualquer situação. Desta forma, você vai conseguir juntar o útil ao agradável, ou seja: falar bonito e o necessário.

É isso.

Fonte Administradores.com









ANEFAC Congresso ANEFAC Troféu Transparência Profissional do Ano Pesquisa de Juros Associe-se Contato
São Paulo

(11) 2808-3200

Rua 7 de Abril, nº 125 - Cj. 405 - 4º andar - República
São Paulo - 01043-000


eventos@anefac.com.br
Rio de Janeiro

 (11) 2808-3200




Campinas

(11) 2808-3200




Curitiba

 (11) 2808-3200




Salvador

 (11) 2808-3200





© ANEFAC. Todo o conteúdo deste site é de uso exclusivo da ANEFAC. Proibida reprodução ou utilização a qualquer título, sob as penas da lei. All rights reserved. Site desenvolvido por Acessa Brasil Internet